fbpx
Loading...

Informação em excesso desinforma: crie e aprenda com conteúdos assertivos

6 de maio de 2020 - Núcleos

Informação em excesso desinforma: crie e aprenda com conteúdos assertivos

 

Vamos conversar sobre o bom e o mau uso da tecnologia no momento atual, em especial sobre a excessiva produção de conteúdo.

Muitos vêm pregando aos empresários que este é o ápice da era da informação, que para aqueles que não utilizavam tecnologias para promover seu produto até hoje, este momento é como se o destino falasse “viu, eu te avisei que você ia precisar um dia”.

Eu inclusive, que trabalho com e-learning para educação profissional na área do turismo poderia dizer, eu avisei que a educação online era importante.

Porém, a coisa não é bem assim!

A educação à distância, por exemplo teve um crescimento rápido nos últimos anos no Brasil, porém a legislação para a área e a preparação de profissionais para atuarem nela, nem tanto. 

Isso faz com que as pessoas ao buscarem um curso à distância precisem sempre pesquisar para separar o joio do trigo.

Existem excelentes cursos online em todas as modalidades, mas é preciso buscar. Pois o desenvolvimento de um projeto de um curso de EAD não é o mesmo que o presencial, pois envolve um uso específico de linguagem adequada ao publico, recursos tecnológicos adicionais, além de um trabalho minucioso dos profissionais de design instrucional, para que o conteúdo saia adequado e assertivo ao seu público. 

Enfim, não é o mesmo processo de um curso presencial, e o que temos visto durante a quarentena é uma busca quase que desesperada para produzir conteúdo e disponibilizar o mais rápido possível, despejando uma quantidade absurda de conteúdo em lives, cursos gratuitos ou mesmo aos alunos nas escolas.

Calma e respire. A quarentena não é uma maratona para ver quem aprende mais!

É importante sim que seu negocio disponibilize conteúdo, é legal sim você aproveitar este tempo para buscar conhecimentos, mas filtros são necessários para quem entrega e para quem consome conteúdo neste momento.

Portanto, se você acha que você ou sua empresa pode compartilhar algo neste momento, lembre que a qualidade é tão importante quanto a quantidade, então procure profissionais para te auxiliar, se for gravar vídeos ou disponibilizar mini cursos ou outros tipos de conteúdo, busque um design instrucional, ele irá ajudar você a adequar a linguagem, alinhar melhor o seu texto para que todos possam compreender melhor, além de roteirizar e auxiliá-lo no processo de gravação.

E você que busca conhecimentos, não saia por ai atirando para todos os lados, lembre-se que informação em excesso desinforma, portanto, procure conteúdos por tema, pesquise os autores e crie um cronograma de atividades.

E assim fica a dica, aproveite sua quarentena compartilhando e adquirindo conhecimentos, mas com assertividade, qualidade e prazer nos bons conteúdos!

 

Autora: Juliana Parmiggiani é fundadora da Escola de Hospitalidade, professora, palestrante e pesquisadora nas áreas de hospitalidade, educação profissional e inovação.

 

LEIA TAMBÉM

Inscrições para o Prêmio Inovação Catarinense da Fapesc seguem para a reta final
Empresa Cidadã e Top de Marketing e Vendas ADVB/SC estão com inscrições abertas até o final de outubro
ACIF defende apoio e diálogo com a governadora interina, em nome da retomada econômica de SC

Newsletter

Você vai adorar interagir com a gente, prometemos!

Newsletter - Acif

Aguarde...