Forbrukslån Student | Headsetti | Reise Kredittkort | Strømpriser Sammenligning | Billigste Hjemmealarm 2018 | Veteranbilforsikring | Mobilselskaper 2018 | Eiendomsmegler Oslo

Networking, mais do que manter contatos, é criar uma rede de parcerias

1 de janeiro de 2019 - ACIF

Networking, mais do que manter contatos, é criar uma rede de parcerias

Networking é o termo aportuguesado que define, mesmo em português, a criação de uma rede de contato para você e sua empresa. Mais do que colecionar nomes, o networking é importante para que você faça conexões reais.

Mesmo com o cotidiano agitado e cansativo, tomar um café ou participar de um happy hour com outros empreendedores é uma forma de enxergar novas perspectivas, aprender mais, dividir experiências e nutrir relações.

A importância do Coworking na perspectiva da rede de contatos

Novos modelos de negócios chegaram para quebrar padrões tradicionais de se fechar parcerias e movimentar negociações. Hoje, existem HUBs e Coworkings com o proposito de facilitar o cooperativismo entre diferentes empresas por meio dos contatos ali feitos. Em um ambiente onde todos trabalham próximos, as ideias se complementar e os negócios se tornam mais promissores.

A Endeavor Brasil separou dicas fundamentais para que você, sendo extrovertido ou não, aprenda de vez como incrementar o seu networking e começar 2019 fechando parcerias.

Compartilhe o que você está lendo

Quando você receber uma newsletter interessante, ler um artigo ou ver um vídeo que possa interessar alguém da sua rede, envie para essa pessoa de forma personalizada. No e-mail ou na mensagem de WhatsApp, faça questão de dizer: “Lembra que você comentou isso comigo? Talvez isso seja interessante pra você.” Em vez de compartilhar o artigo pelo Facebook ou LinkedIn, coisa que você também pode fazer, esse tipo de mensagem nutre de forma mais significativa as relações que você constrói.

Faça almoços, cafés e reuniões pequenas

Em vez de fazer com uma única pessoa, reúna duas ou três para dar mais vida ao encontro. As duas pessoas que não se conheciam acabam começando ali uma relação em que você é o conector. Nesses casos é preciso ter uma sensibilidade extra para fazer o ‘matching’, mas com certeza é uma prática mais eficiente do que uma introdução por e-mail.

Esteja disponível pra ajudar as pessoas quando elas mais precisam

Quando uma pessoa está em transição de carreira ou iniciando um novo negócio, por exemplo, está mais vulnerável a qualquer tipo de ajuda. Esse é um momento em que uma dica ou uma conexão podem ter um impacto gigante. Às vezes, três minutos para pensar em quem são as pessoas da sua rede que podem ajudá-la já fazem diferença para aprofundar sua relação.

Use cada pessoa que você conhece para conhecer uma nova

Comece com a rede que você já tem hoje: clientes atuais, antigos sócios ou mesmo amigos que fizeram faculdade com você. Use cada uma dessas pessoas para expandir sua rede. Quem eles conhecem que poderia ser um potencial investidor? Será que seu cliente atual não pode  indicá-lo para um novo? E o amigo da faculdade, será que pode contratá-lo como fornecedor?

Faça sempre o follow-up depois do primeiro contato

Envie um e-mail agradecendo pela conversa, mas inclua sempre uma proposta de ação no final para engrenar a conversa. Se você conversou com alguém em um evento sobre um desafio específico da sua empresa, lembre-se de mandar uma mensagem depois contando o que você fez depois da conversa, mas não pare por aí. Se for uma mensagem de atualização, poderá se encerrar com uma resposta de agradecimento. E nunca mais vocês vão se falar. Aproveite para convidar a pessoa para um café, com a intenção de aprofundar a conversa, ou faça mais uma pergunta que surgiu depois quando você estava refletindo sobre o assunto.

Faça dos eventos que você participa uma fonte de novos contatos

Se você quer conhecer novas pessoas, tem que ir aonde as pessoas estão. Hoje, existem infinitas oportunidades para fazer networking, mas isso não significa que você precise abraçar todas:

– Mapeie os eventos mais conhecidos do seu setor: feiras, convenções, simpósios, festivais, hackathons, palestras ou meetups

– Liste seu objetivo e o tipo de pessoa que você deseja conhecer: novos clientes, possíveis fornecedores ou investidores

– Faça uma lista daqueles eventos que são mais estratégicos para você participar, de acordo com a presença dessas pessoas

– Saia de casa, antes do evento, com uma lista de quem gostaria de conversar, mas também deixe espaço para conhecer novas pessoas por meio da indicação de conhecidos ou da oportunidade que surgir ao longo do evento

– Vá com o pitch na ponta da língua e veja essa conversa como a primeira camada de conexão. Se for positiva, é provável que você trocará cartões com a promessa de voltarem a se falar por e-mail ou pelo LinkedIn.

Você já conhece o Encontro de Negócios ACIF?

As regionais da ACIF organizam, frequentemente, Encontro de Negócios com o objetivo de impulsionar networking, trocar experiências e possivelmente criar parcerias de sucesso entre os associados. Afinal, negócios se complementam e muitas vezes o seu próprio concorrente pode cooperar com o seu negócio de forma vantajosa para ambos. Fique de olho em nossa programação e participe do nosso Encontro de Negócios.

LEIA TAMBÉM

ACIF apresenta novo endereço para a Regional Canasvieiras
Resoluções de ano novo para alavancar a sua carreira profissional
Conheça os livros de negócios mais vendidos em 2018